Solange Almeida fala sobre problema de saúde após vício em cigarro eletrônico – Catraca Libre
Siga o EGOBrazil nas Rede Sociais

Saude & Beleza

Solange Almeida fala sobre problema de saúde após vício em cigarro eletrônico

Publicado a

em

A renomada cantora Solange Almeida desabafou sobre seu vício em cigarro eletrônico e os sérios prejuízos que ele causou à sua saúde. A artista, conhecida por sua passagem como vocalista da banda Aviões do Forró, falou sobre sua jornada com o cigarro eletrônico em uma emocionante entrevista ao programa Domingo Espetacular da Record TV, no último domingo (15).

Solange Almeida revelou que fez uso do cigarro eletrônico por um período de oito a nove meses, acreditando que fosse uma opção mais segura. Ela mencionou que muitas vezes ouvia que o dispositivo era à base de água, sem nicotina e inofensivo para a saúde.

Na reportagem, a cantora de 49 anos apareceu ao lado de um profissional de saúde e com um aparelho na garganta, usado para cuidar de suas cordas vocais. Ela compartilhou que o vício em cigarro eletrônico afetou significativamente sua voz e sua saúde, ressaltando que começou a usar o vape por influência de amigos. “Aquela coisa de ver amigos usando, eu nunca tinha usado”, relatou.

Solange Almeida também detalhou o tratamento que precisou seguir para se recuperar dos danos causados pelo vício. Ela mencionou ter enfrentado dificuldades respiratórias e observou uma mudança em sua voz. “Depois de um exame aprofundado, descobri que estava com uma lesão nas cordas vocais e no pulmão,” explicou a cantora.

Solange Almeida fala sobre problema de saúde após vício em

Solange Almeida fala sobre problema de saúde após vício em

Esta não é a primeira vez que Solange aborda seu vício em cigarro eletrônico. Em outra ocasião, ela havia compartilhado que começou a usar o dispositivo durante a pandemia da Covid-19, acumulando diversos sabores e espalhando-os em suas bolsas e em vários lugares, sem perceber os riscos associados a essa prática.

A história de Solange Almeida serve como um alerta sobre os perigos do uso de cigarro eletrônico, muitas vezes visto como uma alternativa menos prejudicial ao tabagismo tradicional. Sua honestidade ao compartilhar sua jornada e os prejuízos à saúde pode inspirar outros a repensarem suas escolhas e buscar ajuda quando necessário.

** A opinião expressa neste texto não é necessariamente a mesma deste site de notícias.

© A reprodução deste conteúdo é estritamente proibida sem autorização prévia.

Tiago Ghidotti

Continue Lendo
Publicidade

Mais Lidas

© Todos os direitos reservados - Parceiro de Conteúdo do EGOBrazil